PT
EN
Languages
Espaço

ENIDH EM DESTAQUE NA CMO

INÍCIOInícioENIDH ENIDHNOTÍCIAS Notícias

Transcreve-se abaixo uma informação do Gabinete de Comunicação Município de Oeiras onde é dado um grande destaque à ENIDH.


https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/502e6a0a-e5d9-475f-8f6e-8a75173e35b3.jpg

# ABERTURA

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/f8788b3d-b1f0-4f09-a469-eafd0a977454.jpg

 

"Estamos entre as instituições de ensino superior com maior empregabilidade"

A Escola Superior Náutica Infante D. Henrique (ENIDH) existe há quase um século e destaca-se por ser a única escola superior do país dedicada ao ensino náutico. Funcionou durante muitos anos na Rua do Arsenal, junto à Ribeira das Naus, em Lisboa, mas em 1972 transitou para Oeiras onde tem o seu campus instalado em Paço de Arcos.
Em entrevista ao Oeiras Valley, Luís Filipe Baptista, presidente da ENIDH, fala nas diferentes valências da escola que se destaca por ter uma das mais elevadas taxas de empregabilidade do país. Mas aborda também as ambições para o futuro que perspetiva venham a ser potenciadas no seguimento de um memorando de entendimento que a ENIDH se prepara para assinar com o Município de Oeiras.


Veja ainda os vídeos:

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/2be05500-9f3e-45cb-8c95-c2e4b12d3a90.png

 

# APOIOS

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/069f80c4-1c14-4429-bbad-aa9c3f5e5dff.jpg

 

Prémio ERC-Oeiras atribuído a investigador do IGC


Miguel Soares, investigador principal do Instituto Gulbenkian de Ciência (IGC), é o vencedor da 1.ª edição do
Oeiras – ERC Frontier Research Incentive Awards. O investigador irá receber um prémio de 240 mil euros que lhe permitirá dar continuidade ao trabalho de investigação dedicado às doenças infeciosas causadas por vírus, bactérias ou parasitas, como a sépsis, uma das principais causas de morte a nível global. Criado no âmbito de um protocolo celebrado entre a Câmara de Oeiras e a Fundação Calouste Gulbenkian no final de novembro, o prémio destina-se a investigadores que fazem ou planeiam fazer a sua investigação em instituições do concelho de Oeiras e que submeteram candidaturas consideradas como excelentes pelo ERC, mas que não tiveram financiamento por indisponibilidade de fundos.

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/551e3cb3-719c-4c4f-b36d-128f8caf9f05.png

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/b178319f-c915-4c21-a7d5-4d190b5735a7.jpg

 

Abertas candidaturas ao Prémio ECRA 2021

Estão abertas até 30 de abril as
candidaturas para a edição 2021 do Prémio ECRA - Early Career Researcher Award. Este prémio tem como objetivo distinguir a melhor proposta de Investigação e Desenvolvimento, realizada por pelo menos dois investigadores em início de carreira, que trabalhem em áreas distintas, mas complementares, e que sejam de diferentes grupos de investigação do Instituto de Tecnologia Química e Biológica António Xavier da Universidade Nova de Lisboa (ITQB NOVA) e Instituto de Biologia Experimental e Tecnológica (IBET). Este ano serão atribuídos 11.250 euros ao projeto de investigação avançada selecionado, com o apoio do Município de Oeiras, ITQB NOVA e ainda da UNICAM, LUSOPALEX, Agendo e SFEO.

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/64155ae9-117e-43f2-82bb-2948382fc8ad.png

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/0fa5ee88-d1f8-43e1-92d7-810aaaad3b5f.jpg

 

Prazo das candidaturas ao Programa de Cooperação Técnica e Científica alargado

Oeiras alargou o prazo para a apresentação de
candidaturas ao Programa de Cooperação Técnica e Científica entre o Município e as Instituições de Ensino Superior. Os alunos do Ensino Superior que queiram candidatar-se dispõem agora até ao dia 15 de junho para se inscreverem. O programa visa incentivar projetos inovadores através de soluções para áreas prioritárias definidas pelo Município. As propostas devem enquadrar-se em cinco temáticas: adaptação às alterações climáticas; eficiência energética na iluminação pública; ambiente construído, prática de atividade física e oferta desportiva qualificada; gestão de resíduos urbanos; a utilização dos Dados LIDAR/Laser Scan – que desafios? Serão atribuídas duas bolsas, no valor de cinco mil euros cada, aos dois candidatos que apresentem as ideias mais inovadoras.

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/64155ae9-117e-43f2-82bb-2948382fc8ad.png

 

# DESTAQUES

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/821eebf3-f518-419b-8199-45de0b12e598.jpg

 

Oeiras aprova memorando de entendimento com a ENIDH

O Município de Oeiras aprovou a
celebração de um memorando de entendimento com a Escola Náutica Infante D. Henrique (ENIDH). Este memorando tem como objetivo promover o desenvolvimento do campus Universitário que está sediado em Paço de Arcos, com vista a criar as condições para uma integração efetiva no programa Oeiras Ciência e Tecnologia, na vertente da economia azul. Está assim prevista a requalificação e rentabilização dos equipamentos do campus, para os colocar também ao serviço da população envolvente, e a requalificação paisagística e o melhoramento de acessibilidades e qualidade ambiental.

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/64155ae9-117e-43f2-82bb-2948382fc8ad.png

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/26b1415c-ab9d-48bc-9332-6329ea73163d.jpg

 

"Silenciar" proteína para enfraquecer a COVID-19


Ao serem invadidas por um vírus, as células do nosso corpo lançam um alerta para que as células próximas aumentem as suas defesas antivirais, de forma a evitar que a infeção se espalhe. Alguns vírus, no entanto, conseguem contornar esse sistema ao mimetizar o RNA do hospedeiro, evitando a sua deteção pela célula infetada e o disparar desse alerta. No caso do SARS-Cov-2, essa mimetização é feita com recurso a uma proteína conhecida como nsp14. Esta proteína é também muito importante para a multiplicação do vírus, uma tarefa em que é fortalecida pela sua ligação à proteína nsp10. Interferir com a nsp14 e com este complexo proteico é o objetivo da mais recente investigação do 
ITQB NOVA em COVID-19, liderada pelas investigadoras Margarida Saramago, Rute Matos e Cecília Arraiano. O objetivo é enfraquecer o vírus, abrindo um possível novo caminho para combater a COVID-19.

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/64155ae9-117e-43f2-82bb-2948382fc8ad.png

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/6621796d-fe6e-42f2-8d6c-317e014886d0.jpg

 

Cientista Paula Alves eleita para a Academia Nacional de Engenharia dos EUA


A investigadora Paula Alves foi
eleita membro da Academia Nacional de Engenharia dos EUA (NAE), tornando-se na primeira mulher portuguesa, e a segunda pessoa portuguesa, a integrar aquela academia. Segundo a NAE, a distinção da cientista deve-se à sua "liderança na biomanufaturação, bioterapêutica avançada, e a colmatar a lacuna entre o meio académico e a indústria". Paula Alves que é CEO do IBET e investigadora do ITQB NOVA, ambos sediados em Oeiras, passou assim a ser um dos 23 novos membros estrangeiros e 106 membros norte-americanos eleitos em 2021 para aquela academia.

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/64155ae9-117e-43f2-82bb-2948382fc8ad.png

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/336ce026-1eef-4b00-9fc3-3d00511267bd.jpg

 

Projeto e-CoVig do IST ajuda a monitorizar doentes com COVID-19

O
Instituto de Sistemas e Robótica, do Instituto Superior Técnico (IST), desenvolveu o e-CoVig, um projeto que aposta numa aplicação para telemóveis e num dispositivo usável (wearable) para a monitorização de doentes com COVID-19. A aplicação é capaz de medir e registar os sintomas de pessoas infetadas pelo novo coronavírus - temperatura e função respiratória, e outros dados com relevância clínica para o diagnóstico da doença - e alertar os profissionais de saúde se houver um agravamento do problema. O desenvolvimento desta solução tecnológica foi feito por uma equipa multidisciplinar composta por alunos, professores e profissionais de saúde, entre outros.

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/64155ae9-117e-43f2-82bb-2948382fc8ad.png

 

# TOME NOTA

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/e06ef767-7279-4707-993e-583131a90973.jpg

 

8 de março 2021
Cientistas de Oeiras retratadas no livro "Mulheres na Ciência"

O Dia Internacional da Mulher que se celebrou no passado dia 8 de março fica marcado pelo lançamento da 3.ª edição do livro "Mulheres na Ciência". Da iniciativa da 
Ciência Viva, reúne mais de uma centena de retratos de investigadoras de diferentes gerações e áreas do conhecimento captados pelas objetivas dos fotógrafos Clara Azevedo, José Carlos Carvalho, Luís Filipe Catarino e Rita Carmo. Entre as retratadas estão cinco cientistas que trabalham em instituições residentes no ecossistema de Ciência e Inovação de Oeiras. Nomeadamente, Ana Barbas, do IBET; Inês Cardoso Pereira, do ITQB NOVA; Isabel Gordo e Maria João Amorim, do IGC; e Isabel Trigo, do Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA).

[crédito das fotos: Ciência Viva/Mulheres na Ciência | fotógrafos Clara Azevedo, José Carlos Carvalho, Luís Filipe Catarino e Rita Carmo]

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/5002c27e-79d7-410d-b839-ce288e1e8a8e.png

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/bb9446a2-0135-4cfd-a190-f5dede7bdd55.jpg

 

16 de março 2021
Seminário com o Nobel da Química Richard Henderson

Richard Henderson, vencedor do prémio Nobel de Química de 2017, é o
próximo convidado da CryoEM@ ITQB NOVA, uma série de seminários organizados no âmbito do projeto internacional IMpaCT que pretende fomentar a partilha de experiências com cientistas de renome mundial no campo da microscopia crio-eletrónica. O investigador recebeu o Nobel, em conjunto com Jacques Dubochet e Joachim Frank, "pelo desenvolvimento da microscopia crio-eletrónica para a determinação da estrutura de alta resolução de biomoléculas em solução", liderando a "revolução da resolução" que o campo da biologia estrutural está agora a experienciar. Richard Henderson é líder do Laboratório "Estruturas 3D de alta resolução por crio-microscopia eletrónica" no Laboratório de Biologia Molecular do MRC (Cambridge, UK).
 

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/5002c27e-79d7-410d-b839-ce288e1e8a8e.png

 

https://mcusercontent.com/a2ce61c558ac2c300e110ce9a/images/0bfc462f-e28d-47fc-8ab0-fbac5bb37d77.png

 

LinkedIn

Facebook

Website

YouTube



CONTEÚDO RELACIONADO
|
|
|
|
|
CONTACTOS
info@enautica.pt    Tel.:214 460 010 | Fax:214 429 546
Av. Engenheiro Bonneville Franco 
2770-058 PAÇO DE ARCOS
PARCERIAS
NEWSLETTER
SOCIAL MEDIA
Logotipo
Política de Privacidade
Copyright © Escola Superior Náutica Infante D. Henrique 2016
Desenvolvimento e Design : iconO2